fbpx

Jd. Das Colinas, Vila São Pedro e Vila Real tem mutirão contra Dengue

Ação, neste sábado (15/06), conta com visita casa a casa para orientação sobre eliminação de criadouros

A Prefeitura de Hortolândia, por meio das equipes da UVZ (Unidade de Vigilância e Zoonoses), órgão da Secretaria de Saúde, realiza, neste sábado (15/06), das 8h às 13h, mutirão de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como Dengue, Chikungunya e Zika, nos bairros Jd. das Colinas, Vila São Pedro e em parte da Vila Real. Na ação, os agentes de controle de endemias visitam casa a casa para levar aos moradores orientações de como acabar com os criadouros e impedir a procriação do mosquito, evitando novos casos das doenças. Haverá, ainda, Operação Cata Bagulho, com apoio de caminhões da Secretaria de Serviços Urbanos recolhendo objetos inservíveis que podem acumular água.

Entre as dicas da UVZ para evitar criadouros estão: proteger ralos com tela; observar calhas com frequência; vedar caixas d’água; proteger da chuva objetos que acumulam água; limpar o compartimento de degelo das geladeiras; guardar brinquedos em local coberto; trocar a água das vasilhas dos animais com frequência; entre outras orientações.

Na última semana, a Secretaria de Saúde de Hortolândia confirmou a primeira morte por Dengue, neste ano, na cidade. A vítima foi uma adolescente de 15 anos, com histórico de boa saúde, que morava na área de abrangência da UPA-24h (Unidade de Pronto Atendimento) Jd. Nova Hortolândia, e que morreu no dia 10 de maio, por Dengue Tipo 2. Hortolândia não registrava casos fatais causados por Dengue desde 2015, quando quatro pessoas morreram pela doença. Neste ano de 2019, a cidade registra 477 casos positivos de Dengue, incluindo o óbito confirmado. Há 1.272 notificações em investigação.

Para conscientizar a população sobre a importância de manter quintais e casas livres de objetos que possam acumular água, a Prefeitura de Hortolândia lançou, em 2017, o programa Agenda Verde, ação que envolve diversas atividades, como mutirões, Cata Bagulho, plantio de árvores em terrenos antes usados para descarte de lixo, tudo com o objetivo de deixar a cidade mais limpa. Além de colaborar com a manutenção urbana, a Agenda Verde busca despertar na população o sentimento de parceria, uma vez que todos são responsáveis pela limpeza da cidade. A Prefeitura acredita que mobilizando a população, será mais fácil resolver, em conjunto, questões ambientais que se tornam problemas de saúde pública.

A Prefeitura também criou, em setembro do ano passado, o Plano Municipal de Combate a Arboviroses, com a proposta de prevenir doenças causadas por picadas de mosquito. Com este plano, a Prefeitura traça as ações básicas para combate às doenças, como eliminação de criadouros do Aedes Aegypti por meio de mutirões semanais; prevenção, com orientação à população; e tratamento de pacientes, incluindo a conduta dos profissionais da rede de saúde quanto à necessidade de notificação dos casos suspeitos, até o atendimento hospitalar dos casos mais graves.

Fonte: www2.hortolandia.sp.gov.br

Sem Comentários até o momento.

Deixe o seu comentário.